Top
  • 09-06-2024 08:09

Filme "Mal Viver" de João Canijo candidato a prémio da crítica latino-americana

Filme Mal Viver de João Canijo candidato a prémio da crítica latino-americana

Lisboa, 09 jun 2024 (Lusa) – O filme “Mal Viver”, de João Canijo, é candidato a um novo galardão, o Prémio dos Críticos da América Latina para Filmes Europeus, cujo vencedor é anunciado hoje, no Festival de Cinema de Guadalajara, no México.

Além de “Mal Viver”, são candidatos finalistas ao prémio "Animal" de Sofia Exarchou (Grécia) e "The Teachers’ Lounge" de İlker Çatak (Alemanha).

O prémio é uma iniciativa da rede European Film Promotion, que congrega os institutos de cinema de 37 países, incluindo o Instituto do Cinema e do Audiovisual (Portugal), que decidiu criar um prémio da crítica latino-americana, para “dar mais visibilidade e impulsionar a circulação de filmes europeus” naquele território.

A escolha dos três finalistas foi feita a partir de uma lista de 23 filmes europeus.

A rede europeia, que congrega os institutos de cinema de 37 países, incluindo o Instituto do Cinema e Audiovisual (Portugal), decidiu criar um prémio da crítica latino-americana, para “dar mais visibilidade e impulsionar a circulação de filmes europeus” naquele território.

O filme vencedor é escolhido por 34 críticos de cinema e jornalistas de 13 países da América Latina, e é anunciado durante o Festival de Cinema de Guadalajara, que encerra hoje no México.

"Mal Viver" é a história de uma família de várias mulheres de diferentes gerações, que gerem um hotel e "que arrastam uma vida dilacerada pelo ressentimento e rancor", abalada pela chegada inesperada de uma neta, como se lê na sua sinopse.

O filme, que foi o candidato de Portugal a uma nomeação aos Óscares deste ano, interliga-se com a longa-metragem “Viver Mal”, tendo como cenário um hotel gerido por uma família.

O elenco conta com Rita Blanco, Anabela Moreira, Madalena Almeida, Cleia Almeida, Vera Barreto, Filipa Areosa, Leonor Silveira, Lia Carvalho, Beatriz Batarda, Leonor Vasconcelos e Carolina Amaral, e ainda Nuno Lopes e Rafael Morais.

Os dois filmes estrearam-se no festival de Berlim em 2023, com João Canijo a receber o Urso de Prata do Prémio do Júri por “Mal Viver”.

SS/MAG // TDI

Lusa/fim