Top
  • 25-05-2019 05:00

As "valedoras" de Cerveira-Tomiño, duas pioneiras na Europa sem fronteiras (editado)

Loading the player...

Autor: CHEMA MOYA/EFE


Lurdes Cunha, valedora portuguesa que ajuda a defender os interesses dos habitantes de Vila Nova de Cerveira (Portugal) e de Tomiño (Espanha), como cidadãos europeus, durante uma entrevista à agência Lusa, em Tomiño, Espanha, 26 de maio de 2019. Cinco meses depois de conseguirem a denominação de "eurocidade", Tomiño (Espanha) e Vila Nova de Cerveira (Portugal) são pioneiras numa experiência inovadora da Europa sem fronteiras, a integração nas suas administrações das "valedoras", defensoras dos direitos da cidadania transfronteiriça.
O conteúdo completo está disponível apenas para Subscritores. Entrar