Top
  • 20-03-2019 21:16

Banco de Portugal contra fiscalização da Inspeção-geral de Finanças à sua atividade

Banco de Portugal contra fiscalização da Inspeção-geral de Finanças à sua atividade

Lisboa, 20 mar (Lusa) – O Banco de Portugal está contra a fiscalização da Inspeção-Geral de Finanças à sua atividade, considerando que põe em causa a sua independência, no parecer hoje divulgado a propósito da reforma da supervisão financeira.

“Entende o Banco de Portugal que a intervenção da Inspeção-Geral de Finanças junto do Banco de Portugal, prevista no projeto de proposta de lei, colide, de forma relevante, com o estatuto de independência do Banco de Portugal, atendendo à natureza daquela Inspeção-Geral como serviço da Administração Direta do Estado e situado, por isso, na esfera dos poderes de direção do Ministro das Finanças”, lê-se no parecer, de 461 páginas, hoje divulgado.

O conteúdo completo está disponível apenas para Subscritores. Entrar